Mara é personalíssima. Duas pérolas dela:

  • No status profissional, no Facebook: “Jornalista. Atualmente de pernas pro ar. Mas já trabalhei pra caramba”.
  • Frase recorrente: “Tenho 6.0, com tudo original de fábrica”.

Adoooro! Ótimas, né?!

Mara Sallai out2014

Jornalista respeitada, da linha de frente e dos bastidores da reportagem investigativa, um belo dia, há quase 15 anos, trocou Londrina pelos Estados Unidos. Encurtou a distância ao criar o grupo Coworker and Journalist na rede, e, através de seu Face pessoal, discretamente, nunca deixou de cuidar dos amigos. Não perde a capacidade de se indignar com a violência, as injustiças e a corrupção no Brasil, e nem a risada fácil e gostosa quando comemora uma boa notícia.

Após 2 anos sem aparecer, quando esteve aqui, recentemente, ganhou festança surpresa com a presença de quase 200 amigos de várias cidades. Não economizou afeto, lágrimas e selinhos. E eu publiquei tantas fotos desse encontro q acabei bloqueada no Facebook pra explicar o motivo. Comentário imediato postado pela Mara: “Zuckerberg ficou com inveja de mim”. Ahahahaaaaa

Mara silvia    Mara ale cópia

Mara zezé    Mara zilma cópia

Mara amigos    Mara amigas

A casa acolhedora dela é chamada de consulado pé vermelho (uma brincadeira com os londrinenses, em alusão a cor da terra) na Califórnia. E ela curte a localização: “a 30 minutos de San Francisco, 5 minutos da Universidade de Stanford, ao lado do Google, Facebook, Yahoo e Twitter”. É claro q eu vou lá!

Ela sempre menciona a falta q sente da “namorada”, sem aspas. É assim q se refere à mãe companheira, q partiu há 12 anos. Mara chegou na Califórnia em busca de uma carreira solo na produção independente de vídeo pra tv a cabo no Brasil. “Acabei arrumando um marido. Um gringo gracinha q me traz café na cama todos os dias”. É assim q ela chama Gerald Janny: meu gringo. Na família, são 2 filhas do primeiro casamento dele e os netos Drake, de 9 anos, e Soren, de 6. “A primeira palavra q aprenderam em português foi avó”.

Mara e Gerald online

Mara em Londrina e com Gerald online

A produção de vídeo não andou. Na época, com o dólar nas alturas, o produto tornava-se caro; além disso, as emissoras desviam de pagar mais por um conteúdo diferenciado, e compram vídeos de grandes agências de notícias, como CNN e Reuters, q distribuem as mesmas imagens pro mundo todo, a custo ínfimo.

Depois disso, Mara teve o Bazaar Brazil, q, durante 4 anos (até a crise americana em 2008), divulgou e vendeu produtos artístico-artesanais feitos à mão, ecologicamente corretos e socialmente justos. E, por isso, conseguiu muita mídia, como esta matéria no ABC News. https://www.youtube.com/watch?v=GPBiuCI8AbM 

“Hoje, estou de pernas pro ar, cuidando do meu gringo, dos meus netos, duas vezes por semana, do meu jardim e da minha horta… e não quero mais trabalhar“.

Pelo menos não oficialmente… Talvez Mara nem se dê conta. Mas, com o faro de jornalista e sua essência cuidadora, onde quer q esteja – num jantar ou na rede – ela aproxima gente bacana com interesses em comum, pessoais ou profissionais, pelo prazer de facilitar as boas relações.

Delicadezas de Mara: cartões de Natal pelo correio aos amigos. Pra mim, além de um Picasso, veio a foto do lendário Ansel Adams em Yosemite, onde ela adora passear

Delicadezas de Mara: cartões de Natal pelo correio aos amigos. Pra mim, além de um Picasso, veio a foto do lendário Ansel Adams em Yosemite Valley, onde ela adora passear

A experiência empresarial – ela cuidava pessoalmente de todo o processo no Bazaar Brazil –, também é compartilhada com amigos q buscam empreender por lá. Aliás, é uma entusiasta de iniciativas e intercâmbios nesse sentido.

E, assim, dona de seu tempo, atribulado, na verdade, Mara vai driblando convites formais de trabalho. A não ser quando lhe pegam de jeito. Como este, vindo da ONU/FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação), pra compor a comissão julgadora do 1o. Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo para a Região Sul do Brasil. Aí, a reação pode ser como esta:

“Nossa Senhora do ego nas alturas, me segura!!!!! Feliz, honrada, orgulhosa e alegre com o convite”!!!

Quem conhece Mara sabe do grave acidente q sofreu ao ser atingida na cabeça por uma pedrada – com sérios danos –, enquanto cobria um enfrentamento entre policiais e manifestantes contra um aumento da tarifa de ônibus, no terminal urbano de Londrina. Foram longos meses até a plena recuperação, e os amigos somos todos gratos.

Mara também. Sua máxima de vida: “Parece piegas. Agradecer, amém, obrigada”. Não, Mara, não é piegas, parece perfeito. E eu te amo!!!

A minha vez na fila do selinho, clic de Luciano Paschoal

A minha vez na fila do selinho, clic de Luciano Paschoal

Deixar uma Resposta

18 comentários

  1. Emociona… o texto lindo de Regina, e a pessoa e história linda de Mara. Duas queridas…. que super vale a pena conhecer. Meu amor por vcs. bjs

    • Regina Menezes

      Lina, sinto mta saudade de vcs duas. Ambas deveriam estar sempre perto de mim e de todos q amam tt vcs!

  2. Emocionante!! O texto, a Mara e conhecendo vc tbem!! Conheço a Mara há anos, minhas mãos ajudaram em seu processo de cura do acidente. Mesmo não tendo contato com ela, abriu as portas de sua casa nos EUA para receber minha filha no caso de necessidade. O Mundo precisa de pessoas assim, verdadeira consigo e com os seres ao redor. Agradecida!!

    • Regina Menezes

      Adriana, emocionada aqui com seu depoimento. O bem chama o bem, acho q ambas acreditamos nisso, né?! Tbem acho, Mara é uma referência de pessoa pra todos nós. Obrigada por vir aqui dizer isso!

  3. Que lindo texto. Forte, emocionante, apaixonado e alegre, como a Mara! Obrigada, Regina, por nos brindar com essa linda história dessa maravilhosa Pessoa. Sim, com P maiúsculo: a Mara é demais!

    • Regina Menezes

      Sônia, obrigada por suas lindas e generosas palavras. Sim, Mara Maroca é d+!!!

  4. Raquel Cabrera Borges

    Lindo texto e recheado de verdades. Escrever sobre o que sentimos atinge a todos. Parabéns!

  5. Nadir Fernandes Correa

    Que lindoooo, me emocionei também meninas, você merece tudo isso Maroca…Bjuss

  6. Regina Menezes
  7. Chorandoooo emocionadaaaaa. Muda de letras no meu pc love you.

  8. Sidiney Ivan da Silva

    Linda homenagem à nossa Maroca!

  9. mario fragoso

    Só posso dizer que me sinto privilegiado em ser colegamigo das duas.

  10. Telma Elorza

    Me cortou na foto das amigas. 🙁 Mas de resto, tudo perfeito neste texto gracinha Lovo u, Maroca! Lovo u, Re!