E nem pergunto se vale a pena. Se estou motivada, compensa. Hobby, mania ou loucura, não sei bem. Mas, nas pausas aqui no ateliê, entre pinturas ou esculturas, sempre acho algo pra reformar. Pra mim é descanso do trabalho. Porém, como boa ansiosa, não pode ser algo arrastado, tenho q vencer todas as etapas do processo em pouco tempo. Ou fico desmotivada. Esta clutch, da Agatha Ruiz de La Prada , me consumiu (só) algumas horas. Escapou  de ser descartada.

Comprei-a em liquidação, anos atrás, na primeira loja aberta em Milão por esta designer espanhola q acho mto divertida. Já foi bem usada e, agora, ganhou sobrevida, eba! (No último fim de semana, voltando de São Paulo, vi numa loja do aeroporto um display com as latinhas coloridíssimas da Agatha, acho q com brilho labial dentro, ri sozinha…)

E vc? Quando gosta bastante de algo q fica danificado: descarta ou reforma?

Deixar uma Resposta

4 comentários

  1. marasallai

    Essa bolsinha é o meu numero. Não conheço nada da Aghata mas com certeza compraria.

  2. Até tento reformar… mas, não tenho muitas habilidades artísticas para tal! rsrs

    • Regina Menezes

      Lina, tenho q discordar. Já vi vc fazer coisas lindas em reformas e customizações!